segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Ovnis no Brasil em 1986

No dia 19 de maio de 1986, madrugada de segunda para terça-feira, cerca de 21 UFOs invadiram os céus brasileiros tumultuando o tráfego aéreo do país. Os objetos foram detectados por várias estações de radares, incluindo aeroportos e o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta), em Brasília (DF). Diante da gravidade da situação, três caças Mirage e dois caças F-5E decolaram para a operação de interceptação dos possíveis UFOs, que chegaram a causar a interrupção do tráfego aéreo em várias áreas, saturaram os radares.

De acordo com as pesquisas realizadas na época pelo Instituto Nacional de Investigação de Fenômenos Aeroespaciais (INFA), muitos detalhes não divulgados puderam ser conhecidos: os UFOs se movimentavam em altas velocidades, passando de 250 a 1.500 km/h em fração de segundos, mudavam constantemente de cor e de trajetória – faziam curvas em ângulos retos, de 90°, em altíssimas velocidades –, subiam, desciam, sumiam instantaneamente do radar e apareciam em outro lugar. O caça F-5E, que era seguido por 13 UFOs, fez um “looping aéreo”, objetivando ficar de frente com dos artefatos, mas eles também fizeram o “looping aéreo” atrás do avião, frustrando a intenção do piloto com a manobra. Houve também comentários entre os oficiais que diziam que um objeto veio em alta velocidade e, repentinamente, parou, de forma que ficou em rota de colisão eminente com um dos aviões e deixando o piloto completamente apavorado. Mas, logo em seguida, o artefato disparou em alta velocidade, saindo da rota de colisão iminente.

A gravidade da situação foi tamanha, que obrigou o próprio Ministro da Aeronáutica na época, o então Brigadeiro Otávio Júlio Moreira Lima, a se pronunciar na imprensa, organizando inclusive uma coletiva onde os próprios pilotos ficaram disponíveis para dar entrevistas. Um fato histórico para a Ufologia brasileira: pela primeira vez, oficialmente, era admitido publicamente que vários UFOs invadiram o espaço aéreo do Brasil.

Veja o vídeo:




Fonte: www.ufo.com.br



(ENGLISH VERSION)
On May 19, 1986, for the second morning of Tuesday, about 21 ufos invaded the skies tumultuous Brazilian air traffic in the country. The objects were detected by several stations, radars, including airports and Integrated Air Defense Center and Air Traffic Control (Cindacta) in Brasília (DF). Given the gravity of the situation, three Mirage fighters and two F-5E fighters take off to intercept the possible operation of ufos, who came to cause the interruption of air traffic in many areas, saturate the radar.
According to research performed at the time by the National Research Institute of Aerospace Phenomena (Infa), many details were not disclosed be known: the ufos are moved at high speeds from 250 to 1500 km / h in fractions of seconds, changed constant color and history - were curves in right angles, 90 °, in extremely high speeds -, up, down, sumiam instantly appeared on the radar and elsewhere. The F-5E fighter, which was followed by 13 ufos, made a "looping air", to stay in front with the artifacts, but they also have the "looping air" behind the aircraft, defeating the intention of the pilot to maneuver. There were also comments from the officers who said that an object has at high speed and, suddenly, stopped, so it is on a collision course with one of the leading aircraft and leaving the pilot completely terrified. But then, the artifact fired at high speed, going the route of an imminent collision.
The seriousness of the situation was such, that forced the Minister of Aviation in the season, the then Brigadier Otávio Júlio Moreira Lima, to speak in the press, including organizing a conference where the pilots were available to give interviews. A historical fact for the Brazilian Ufology: first, officially, was admitted publicly that many ufos invaded the airspace of Brazil.

Um comentário:

  1. ÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓ!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir